No Dia de Proteção às Florestas, a Saneaqua destaca importância da conservação de mananciais e cursos d’água, missão do saneamento

O saneamento básico está ligado à proteção das florestas

No domingo, 17 de julho, será comemorado no Brasil o Dia de Proteção às Florestas, data criada para lembrar que a preservação das matas é um compromisso de toda a sociedade.

As florestas são lares de inúmeras espécies de animais e plantas e as consequências da falta de preservação podem ser devastadoras, impactando a qualidade do solo, a vegetação e a fauna.

E o saneamento básico também está ligado à proteção das florestas. Somente a floresta amazônica armazena mais de 20% de toda a água doce do mundo, além de evaporar cerca de 20 bilhões de litros de água por dia, que abastecem de água toda a américa do sul.

Com os serviços de coleta e tratamento do esgoto, toda a área de vegetação próxima aos rios, córregos, nascentes e mares são protegidas e até mesmo reestabelecidas. O mesmo ocorre com os animais que vivem nessas regiões.

A Saneaqua, responsável pelos serviços de água e esgoto em Mairinque, inaugurou a primeira estação de tratamento de esgoto do município, a ETE Vitória, no segundo semestre de 2021, um marco e importante benefício ambiental para a cidade. O índice de coleta de esgoto da cidade atinge 77% e o indicador de tratamento de esgoto já avançou desde o início de operação da ETE de 0% para os atuais 35%.

Com investimentos para a retirada dos lançamentos de esgoto dos córregos e cursos d´água da cidade, como parte de um trabalho para promover a consciência e a responsabilidade socioambiental, a concessionária entende que a prestação dos serviços de esgotamento sanitário já está diretamente ligada à proteção das florestas.

“Quando coletamos, afastamos e tratamos o esgoto também estamos protegendo toda a área de vegetação próxima aos rios e córregos da cidade”, destaca Diego de Oliveira e Silva, responsável pelas áreas de qualidade, saúde, segurança e meio ambiente, na Saneaqua.

A remoção da mata nativa ou ciliar, principalmente próximo aos cursos d’água, pode causar assoreamento dos rios, ou seja, acúmulo de terra, lixo e matéria orgânica em seu fundo e as consequências disso são inúmeras, por exemplo, aumento de enchentes e a diminuição de vazão das nascentes.

Porém, a preservação das florestas e dos mananciais é um trabalho coletivo, que envolve a sociedade.

 COMO POSSO AJUDAR NA PROTEÇÃO DAS FLORESTAS? 

  • Consuma produtos de origem vegetal com certificado e prefira adquirir artigos com matérias primas de reflorestamentos;
  • Não dê início a queimadas;
  • Não descarte lixo em locais inadequados, principalmente “bitucas” de cigarro;
  • Pratique a reciclagem e o reaproveitamento dos produtos descartados;
  • Plante Árvores.

Pequenas mudanças de hábitos no dia a dia contribuem positivamente para a preservação do meio ambiente, das florestas e o bom funcionamento dos sistemas de saneamento básico da cidade.

Vander Luiz

Vander Luiz

São-roquense, radialista e jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *