Saneaqua identifica vazamentos e combate às perdas de água nas redes de distribuição de em Mairinque

Ações no Jardim Cruzeiro e Cecap com testes de estanqueidade e utilização de logger de ruído auxiliam as equipes e beneficiam o sistema de abastecimento da cidade

Com o objetivo de melhorar o sistema de abastecimento de água de Mairinque, a Saneaqua, concessionária responsável pelos serviços de saneamento da cidade, realiza ações de forma contínua nas redes de distribuição espalhadas pelo município.

Entre as atividades, a identificação de vazamentos de água não visíveis, por meio de testes de estanqueidade e uso de loggers de ruído, ação importante para reduzir o índice de perdas de água da cidade.

Os bairros que receberam as intervenções recentemente foram Jardim Cruzeiro e Cecap. Por meio do trabalho, foi possível identificar e sanar três vazamentos não visíveis de médio e grande porte.

Os loggers de ruído são sensores móveis que podem ser instalados em redes e ligações de água. O equipamento faz a coleta de dados (pressão da água em determinada rede/ligação) por um período determinado e com esses dados é possível identificar se há ou não vazamento em algum ponto daquela rede/ligação de água.

A partir disso, é efetuado o geofonamento e posteriormente o reparo do vazamento naquele local, auxiliando assim na redução do índice de perdas no município.

Saneaqua também realizou testes de estanqueidade e step tests, que consistem em dividir os bairros em subsetores com o objetivo de identificar possíveis rompimentos de redes, o que garante resultados mais precisos dos locais onde estão possíveis vazamentos, sejam eles de grande ou de médio porte.

É importante ressaltar que a Saneaqua já reduziu pela metade o índice de perdas de água de Mairinque desde o início da concessão em 2010.

O indicador que era de 56%, hoje é de 28% e coloca Mairinque à frente de muitas cidades brasileiras.

Em comparação com dados nacionais, em que quase 40% da água tratada no país é perdida por conta de vazamentos nas tubulações, ligações clandestinas e erros de medição, Mairinque demonstra resultados positivos em decorrência de um extenso programa de ações, desenvolvido diariamente pelas equipes da empresa, com o objetivo de aprimorar continuamente o sistema de controle de perdas de água e que demonstra a preocupação da concessionária com a preservação dos recursos hídricos do município.

“Investimos em tecnologias de monitoramento, criamos setorizações para facilitar as manutenções nas tubulações de abastecimento e seguimos com as trocas de redes de distribuição”, explica Rodrigo Dias, diretor de operações da Saneaqua.

Ao todo, as ações realizadas permitiram a economia de 480 mil litros de água por dia na cidade, o que significa uma redução de 20 m³/hora de água desperdiçada.

No caso do Jardim Cruzeiro, como consequência do trabalho realizado, foi evitada a perda de 25 milhões de litros de água após o conserto de dois vazamentos detectados via loggers de ruído.

A empresa reforça, porém, que mesmo com as intervenções já realizadas, as boas práticas de uso consciente da água devem continuar, principalmente devido ao fato de esse ano ter sido apontado como o mais seco dos últimos quatro em Mairinque.

 “Contamos com a colaboração dos moradores contra o desperdício. Pequenas ações individuais podem trazer grandes resultados coletivos”, ressalta Dias.

Vander Luiz

Vander Luiz

São-roquense, radialista e jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *