Coronavírus: Igreja Metodista realiza campanha para auxiliar famílias necessitadas

A garagem da Igreja Metodista de São Roque, na Marginal, é um ponto de arrecadação de alimentos e produtos de higiene e limpeza

Por: Simone Judica

Desde ontem (14) a Igreja Metodista em São Roque está com as portas de sua garagem abertas para receber doações de alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza que serão destinados a famílias da cidade que, em razão da pandemia de coronavírus, não tenham condições de abastecer seus lares.

As doações devem ser entregues na Igreja Metodista em São Roque, na Praça da República, nº 34, Centro, de terça-feira a sábado, das 14h00 às 17h00. Tendo em vista que o templo está fechado por determinação das autoridades públicas e sanitárias, a recepção dos produtos acontece na garagem, situada na lateral do edifício, que fica na Av. Antonino Dias Bastos, a chamada “Marginal”.

Mais informações e sugestões a respeito dos produtos mais necessários podem ser obtidos pelo telefone/WhatsApp (11) 99947-9019.

Uma equipe treinada pelo setor de Vigilância Sanitária da Prefeitura da Estância Turística de São Roque permanece de plantão no local para receber as doações com todas as cautelas necessárias à preservação da saúde dos doadores, dos voluntários envolvidos nessa ação social e também das pessoas que virão a receber os produtos arrecadados.

Doação em sistema drive thru

É possível entregar as doações sem descer do veículo. Basta estacionar na garagem, abrir o porta-malas ou as portas do carro e um voluntário descarregará os produtos.

Quem for às compras e sensibilizar-se com a necessidade dos moradores da cidade que não têm condições de adquirir alimentos e produtos de higiene e limpeza poderá comprar alguns itens e já passar pela garagem da igreja para entregar a doação. É rápido, seguro e útil.

Doações por aplicativos e delivery

Quem quiser doar sem sair de casa pode fazer compras por meio de aplicativos de redes de lojas e supermercados ou mesmo pelo sistema delivery do comércio local e indicar a Igreja Metodista em São Roque como endereço de entrega (Praça da República, nº 34 – Centro – São Roque), sempre lembrando que apenas a parte lateral do prédio está aberta.

As empresas que trabalham nesses sistemas têm opções de escolha para o horário das entregas. As compras destinadas à Igreja Metodista devem ser entregues sempre das 14h00 às 17h00, de terça-feira a sábado.

Famílias beneficiadas

“A Igreja Metodista em São Roque regularmente auxilia diversas famílias do Município em suas necessidades cotidianas. Com as regras de isolamento social e a suspensão de funcionamento de muitos setores de trabalho, o número de pessoas necessitadas que busca auxílio na comunidade cresceu muito e as doações arrecadadas entre os membros da igreja se tornaram insuficientes para dar conta desta nova demanda. Nosso desejo é atender a todos que nos procuram e para isso precisamos da integração de toda a cidade nesse trabalho de ação social. Colocamos à disposição da comunidade nosso espaço e nossos voluntários e pedimos às pessoas que contribuam para que possamos amenizar a fome e o desconforto de tantas famílias da nossa cidade”, diz Eduardo Seixas Júnior, pastor da Igreja Metodista em São Roque.

Veja a mensagem completa no vídeo:

Vale lembrar que as doações estão sendo distribuídas às pessoas que necessitam, independentemente de quaisquer vínculos religiosos.

Apoio da Prefeitura da Estância Turística de São Roque e do Fundo Social de Solidariedade

Com o objetivo de pautar essa ação social nas determinações legais vigentes durante a pandemia de Covid-19, a liderança da Igreja Metodista em São Roque obteve orientação sanitária e autorização da Prefeitura da Estância Turística de São Roque para manter o espaço aberto para a arrecadação das doações.

Francisco Cruz, chefe da Vigilância Sanitária de São Roque, acompanhado por Ândrea Regina de Camargo, integrante da equipe de Saúde do Município, na manhã de ontem (14) ministrou o treinamento a uma parte dos voluntários que farão a captação e a distribuição dos alimentos.

As orientações enfatizam a importância dos procedimentos de higienização dos produtos em todas as etapas do processo, seja no recebimento, na triagem, na recepção e no acondicionamento por parte dos beneficiários.

“Muitas pessoas estão com a subsistência comprometida, por isso captar alimentos de quem pode doar para destiná-los a quem precisa é uma ação louvável, mas, deve ser executada com todo o cuidado, para que quem está captando e quem está recebendo não se exponham a riscos. O ideal é que a captação seja em um ambiente aberto, com bastante ventilação, o que favorece a saúde de todos os envolvidos na ação, como ocorre com o espaço da Igreja Metodista. O uso de máscaras e luvas pelos responsáveis pela arrecadação é imprescindível”, explica Francisco Cruz.

Francisco Cruz é o chefe da Vigilância Sanitária de São Roque (acervo pessoal)

Há uma preocupação muito séria, também, com a higienização dos itens arrecadados, conforme enfatizado por Francisco. “As embalagens devem ser limpas antes da doação, com esponja embebida em álcool ou detergente. Aqueles que receberem os produtos também devem ser orientados a higienizá-los da mesma maneira. E, no momento da distribuição das cestas, não pode haver aglomeração. O ideal é que apenas uma pessoa da família vá retirar a doação, evitando a circulação e a exposição desnecessária de pessoas”, finaliza o chefe da Vigilância Sanitária.

O Fundo Social de Solidariedade também apoia a iniciativa da Igreja Metodista e incentiva a população a fazer suas doações nesse ponto de arrecadação.

As doações captadas na Igreja Metodista serão entregues à população diretamente pela Igreja, sem a intermediação do Fundo Social de Solidariedade.

Simone Judica é advogada, jornalista e colunista do site www.vanderluiz.com.br (simonejudica@gmail.com)

“Leia e compartilhe a coluna São-roquices”

Simone Judica

Simone Judica

Advogada e jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *