BLOG DO VANDER LUIZ GALERIA

Pelé 80 anos. Assista entrevista com o rei do futebol em 2008

ENTREVISTA PELÉ – COPA DE 58 E CAMPEONATO PAULISTA

Pelé completa 80 anos nesta sexta-feira (23 de outubro). Nascido Edson Arantes do Nascimento (23/10/1940), em Três Corações (MG), o menino que começou a jogar futebol em Bauru e conquistou Santos, o Brasil e o mundo.

Em 2008, ano dos 50 anos do primeiro título mundial do futebol brasileiro na Suécia (1958), tive a alegria e entrevistar Pelé em seu escritório em São Paulo.

Foi graças aos comentarista Flávio Prado que tinha uma entrevista exclusiva marcada com Pelé para o programa Mesa Redonda da TV Gazeta.

Flávio me chamou na redação da Jovem Pan e disse. “Vou entrevistar o Pelé. Venha comigo. Tenho certeza que o Pelé fala comigo e depois grava uma entrevista com você”.

E não deu outra. Já tinha entrevistado Pelé em outra oportunidade durante a gravação de um comercial na Avenida Paulista.

Mas naquele dia – no meio de uma tarde de dia normal – foi no pique porque dá para imaginar o alvoroço das pessoas ao perceberem que o rei do futebol estava ali na calçada. Mesmo porque chamou muita atenção a estrutura montada para a gravação de uma rápida caminhada de Pelé pela mais famosa avenida de São Paulo. Ficou evidente que tinha algum famoso no pedaço.

Agora em janeiro de 2008 a situação foi bem diferente. Sempre soube que Pelé atendia bem a imprensa e gostava de dar entrevistas, algo bem diferente do que temos acompanhado hoje em dia em se trantando dos atuais craques.

Tanto que a voz de Pelé é marcante, uma das mais imitidas. Hoje, é no visual nas redes sociais. Acho que não conseguiria idenficar a voz de metade dos jogadores que representaram o Brasil nas últimas copas do mundo.
Tive a sensação de conversar com alguém íntimo, alguém da família ou um velho conhecido. Afinal, quase tudo de Pelé é conhecido.

Apesar das festas de fim de ano, ele ainda trazia muito vivo na lembrança a festa de premiação da Fifa, que apontou no dia 17 de dezembro, a escolha de Kaká como o melhor jogador da temporada.

Por sinal, de lá pra nenhum brasileiro voltou a repetir o feito. Só deu o argentino Lionel Messi, o português Cristiano Ronaldo e uma vez o croata Modrić.

Parabéns, Pelé! Obrigado pelos momentos inesquecíveis desta entrevista.

*Para não correr o risco de qualquer falha no áudio empunhei dois microfones: câmera e gravador. Nos dois o som ficou perfeito, mas sempre é bom prevenir.

Entrevista com Pelé graças ao jornalista Flávio Prado

FLÁVIO PRADO

Tenho que fazer um registro especial. Obrigado, Flávio Prado pela oportunidade. Acompanhar a sua entrevista com o Pelé já seria um prêmio.

Flávio que tem a característica marcante de abrir espaço para os mais jovens. Tem sido assim com tanta gente na crônica esportiva e na reportagem geral.

O jornalista que passei a acompanhar como repórter de campo do Silvio Luiz na TV Record no final dos anos 70 e do qual fui companheiro de trabalho por 19 anos na Jovem Pan.

O Flávio aparece em outros momentos importantes da minha carreira profissional.

Em 1983, aos 16 anos, fiz um curso profissionalizante de radialista na Faculdade Anhembi Morumbi e o Flávio foi um dos professores. Depois foi meu professor de TV no curso de jornalismo da Universidade São Judas Tadeu.

Um dia na redação da Jovem Pan, Flávio Prado trouxe uma palavra de incentivo que tem o peso de um troféu. Ele disse que estava na cabine do Morumbi com o José Silvério esperando o início do jogo comando. Enquanto isso, eu narrava o primeiro tempo de uma partida que começou mais cedo.

O Flávio me chamou no canto e disse. “O Silvério falou que você narra direitinho. Resolvi contar para você para que isso sirva de incentivo. Porque no início da minha carreira, um colega veio contar que o Pedro Luiz tinha elogiado o meu trabalho. Aquele elogio indireto foi muito importante para que eu seguisse em frente na minha profissão.”

Não poderia faltar o autógrafo: outra marca do rei do futebol que na Copa de 58 ainda assinava Edson
Vander Luiz, Flávio Prado e Pelé
Ao ser apresentado a Pelé por Flávio Prado, em 2008, no escritório do rei do futebol em São Paulo

Programa Linha Aberta

Arquivos

CATEGORIAS