FALECIMENTOS NOTÍCIAS

Nota de falecimento. Roque Prestes Filho (Quito), 75 anos

Roque Prestes Filho (Quito) faleceu aos 75 anos

Faleceu nesta segunda-feira (9), Roque Prestes Filho (Quito), aos 75 anos. Era casado com Leda e deixa os filhos Aletea, Ariela e Aldrigo e seis netos. O corpo está no Velório Municipal e o sepultamento será, às 17h, no Cemitério da Paz.

Quito era uma pessoa muito querida na comunidade e trabalhou na parte administrativa das empresas como Cefri, Rimoce Materiais de Construção, São Roque Supermercados e Vinícola Góes onde permaneceu por 22 anos.

Torcedor do São Paulo Futebol Clube foi um dos fundadores do Real Sanroquense (futebol de salão), na década de 50. O time nasceu com um grupo de estudantes do Horácio Manley Lane em que faziam parte Domingos Sarti Filho (Bé), José Roberto Calvo de Castro (Roberto da Farmácia São José), Benedito Santana Prestes, Paulo Ito, Paulo Kono, Sidnei Bispos dos Santos, Pedro Paulo Guedes (Pelezão), Odair Silva e Giusepe Montelli.

Quito com a faixa de campeão municipal de 1967

Domingo Sarti Filho (Bé), Roberto da Farmácia e Quito, no Largo dos Mendes. Foto Jeferson Correa/abril 1999

Inicialmente chamava-se Aquarius, mas com o sucesso nas competições veio a mudança de nome em homenagem ao Real Madrid (Espanha). Quito, Bé, Roberto da Farmácia e Paulo Kono foram os responsáveis pela sequência do time.

O Real foi um dos principais times de  futebol de salão de São Roque e região com a conquista de títulos municipais. Nesse período, o  Águias era o grande rival.

Em 28 de fevereiro de 1970, foi vice-campeão do Cruzeirão de Sorocaba ao perder para Engenharia de Campinas por 4 a 2. Um time que marcou época com Djalma Lessa, Béio, Berico, João Manoel Della Vechia e Dinho Bellini. O elenco tinha Roberto Heinz, Alemão e Paulo Kono.

O exemplo de montar um time de futebol foi seguido pelo filho Aldrigo, que é um dos fundadores do Inimigos da Bola (futebol de campo).

Real Sanroquense campeão 1967. Em pé, Quito é o último da direita para a esquerda

Real Sanroquense campeão municipal 1967 no dia da entrega das faixas, curiosamente com a camisa do Águias. Em pé: Domingos Sarti Filho (Bé), Roberto Heinz, Fioravanti, João Manuel Della Vechia, Paulo Ito e Roque Prestes Filho (Quito). Agachados: Berico, Paulo Kono, Joel Mariano e Odair Silva

Real Sanroquense, no Cruzeirão (1974). Em pé, Quito é o último da esquerda para direita

Real Sanroquense, no Cruzeirão (1974). Em pé: Vitório Tozzi, Iraci Silveira, Dinho Bellini, Maneco e Roque Prestes (técnico). Agachados: Roberto Heinz, Isaías Carioca, Alemão e Kiko Forti.

Sobre o autor

Vander Luiz

Vander Luiz

São-roquense, radialista e jornalista

1 comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Programa Linha Aberta

Arquivos

CATEGORIAS