FALECIMENTOS

Nota de falecimento. José Carlos Malmagro Vieira Guerra, 75 anos. Morador de São João Novo, Guerra foi dublador em filmes, desenhos e séries de sucesso

Guerra faleceu aos 75 anos

O dublador José Carlos Malmagro Vieira Guerra, 75 anos, faleceu na noite desta terça-feira (3 de novembro). Guerra era um tradicional morador do distrito de São João Novo.

Deixa a esposa Jeane Galati Vieira, os filhos Eliane Vieira, Jeferson, Alex Galati e Dorival Chiara, cinco netos e dois bisnetos.

ATUALIZAÇÃO: Velório nesta quarta-feira (4 de novembro) das 10 às 12h em São João Novo. O sepultamento será, às 13h, no Cemitério do Cambará.

Nascido em 3 de dezembro de 1944, começou a carreira na TV Tupi como ator e trabalhou na Rádio São Paulo. Fez sucesso como dublador a partir da década de 60 no estúdio AIC São Paulo.

Nos anos 70, foi para a Álamo onde ocupou o cargo de diretor de dublagem. Retornou para AIC que tinha se transformado na BKS.

O neto Thiago Nunes lembrou de alguns personagens dublados pelo avô. Entre eles, Barney (Os Flintstones) e o Comissário Gordon (Neil Hamilton) do seriado Batman (1966). Veja o vídeo abaixo.

Guerra dublou o general interpretado por James Finlayson no filme “Dois Trapalhões Bem Intencionados”, da dupla “O Gordo e o Magro”, e o Gonzo em “Os Muppets Conquistam Nova York”, em 1984.

Foi também a voz do arquivista Henry (Ernest Borgnine) em “Red – Aposentados e Perigosos” (2010) e de Christopher Lloyd em “A Lenda do Cavaleiro Solitário/A Lenda do Zorro” (1981).

Em 1978, Guerra deu a versão em português para o ator Christopher Reeve no filme “SOS Submarino Nuclear (Gray Lady Down). No mesmo ano, o Reeve se transformaria no Super-Homen (Superman) em quatro grandes sucessos até 1987. Em 1981, dublou John Carradine  no  filme de terror “Clube dos Monstros”.

Além disso trabalhou na “versão brasileira” de séries consagradas como A Feiticeira e Daniel Boone.

Em 1987, Guerra deixou a dublagem e fixou residência no distrito de São João Novo, onde os pais da esposa tinham uma propriedade desde 1942. Durante vários anos trabalhou como açougueiro no mercado do vereador Ademar Marreiro.

Em 2008, retornou aos estúdios a partir de um contato com a dubladora são-roquense Jussara Marques. Os últimos trabalhos foram no filme “Os Dois Papas”, produzido pela Netflix com a direção do brasileiro Fernando Meireles, e o desenho animado “Peixonauta”.

Jogou futebol no 7 de Setembro de São João Novo e na Portuguesa de Maylasky e foi colaborador da Escola de Samba Corações Unidos de São João Novo.

Em abril de 2011, foi homenageado na Câmara Municipal de São Roque com uma moção de congratulação do vereador Rafael Marreiro.

Guerra e a esposa Jeane Galati Vieira

Programa Linha Aberta

Arquivos

CATEGORIAS