NOTÍCIAS

Mulher é agredida, incendiada e mantida em cárcere privado pelo companheiro

Violência contra a mulher em Mairinque

No último dia 24 de março, uma mulher de 38 anos foi agredida e quase morreu incendiada pelo próprio companheiro, em Mairinque.

No boletim de ocorrência, a mulher informou que matinha um relacionamento com o agressor e no dia dos fatos  o mesmo ingeriu bebida alcoólica e fez uso de crack. A agressão teria começado sem motivo

Em determinado momento, o agressor pegou um galão de álcool, jogou o líquido na vítima e ateou fogo. Ao ver a mulher queimando, o homem pegou um cobertor e apagou as chamas.

Ao escutar os gritos da vítima, a irmã do homem a pegou a cunhada e a levou para o P.A de Mairinque.

Após ser atendida, com diversas queimaduras, a mulher voltou para casa onde foi mantida em cárcere privado por quatro dias até que conseguiu pedir ajuda e chamar a polícia.

Policiais localizaram o agressor no antigo recinto da Festa do Pêssego. Levado para a delegacia ficou à disposição da Justiça.

Programa Linha Aberta

Arquivos

CATEGORIAS