FALECIMENTOS NOTÍCIAS

Ex-prefeito de Sorocaba Theodoro Mendes, 78 anos, morre em acidente de carro na Raposo Tavares.

Theodoro Mendes. Foto Cruzeiro do Sul

O ex-prefeito de Sorocaba, Theodoro Mendes, 74 anos, morreu no início da noite desta sexta-feira (24), vítima de um acidente de carro no km 84 da Rodovia Raposo Tavares, próximo de Brigadeiro Tobias, por volta das 16 horas.  Além de vereador, prefeito e deputado federal, Theodoro Mendes foi professor e promotor público em São Roque e Lins.

Foi a segunda morte do dia na rodovia. Pela manhã, a vítima foi Bruno Dimas, de 22 anos, em Alumínio.

O ex-prefeito chegou a ser socorrido pelo helicóptero Águia da Polícia Militar e levado para o Hospital Regional de Sorocaba mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia Rodoviária, Theodoro seguia em um veículo Mazda sentido São Paulo quando realizou uma conversão à esquerda na entrada do Bairro Genebra, quando houve o choque com um um Fiat Palio branco que vinha sentido Sorocaba.

Os tês ocupantes do outro carro não se feriram pelo acionamento dos airbags e foram conduzidos à delegacia como testemunhas.

Mendes discursa no ginásio de esportes

José Theodoro Mendes nasceu em Sorocaba no dia 17 de julho de 1941 e começou a carreira política em 1972 como vereador em Sorocaba pelo PMDB.

Em novembro de 1974, elegeu-se deputado federal. Em novembro de 1976, foi eleito prefeito de Sorocaba. Para tomar posse em fevereiro de 1977 renunciou ao cargo de deputado.

Em 1978, candidatou-se a deputado federal mas não foi eleito e seguiu na Prefeitura.

No entanto, em 14 de maio de 1982, renunciou ao cargo de prefeito para ser eleito deputado federal nas eleições de 15 novembro. No seu lugar, assumiu o vice-prefeito Cláudio Grosso.

Na Câmara dos Deputados votou a favor da emenda Dante de Oliveira que previa a volta da eleição direta para presidente. A proposta foi rejeitada e Theodoro ajudou a eleger Tancredo Neves presidente do Brasil em eleição indireta em 15 de janeiro de 1985.

Em 1986, o ex-prefeito de Sorocaba foi reeleito deputado constituinte ocupando o cargo de membro titular da Comissão de Sistematização e suplente da Subcomissão dos Direitos de Garantias Individuais.

Nas eleições de 1990, 1994 e 1998 não obteve sucesso nas candidaturas a deputado federal. Em 1996, candidatou-se a prefeito de Sorocaba e foi o quarto colocado.

Era dono da Rádio Band FM de Sorocaba.  A emissora noticiou a morte do seu diretor-geral às 18h50 e postou que “Theodoro Mendes foi um prefeito à frente do seu tempo, sendo responsável pela transformação democrática do país como um dos deputados federais responsável pela Constituição de 1988”.

Lembro ainda que o ex-prefeito foi o mentor da construção do Palácio dos Tropeiros, sede do governo municipal no Alto da Boa Vista.

INAUGURAÇÃO DO CIC

O estádio municipal Walter Ribeiro (CIC) foi inaugurado durante a administração de Theodoro Mendes. Ao assumir a Prefeitura, as obras de responsabilidade do governo do Estado estavam paradas nove anos após o início da construção.

Em conversa com o governador Paulo Egídio Martins, Mendes assumiu a responsabilidade e a Assembleia Legislativa autorizou a concessão por 99 anos do estádio para o município. O CIC foi inaugurado em 14 de outubro de 1978 na derrota do São Bento para o São Paulo por 1 a 0, gol de Edu Bala.

Inauguração do CIC

Ingresso do jogo inaugural traz o nome do prefeito Theodoro Mendes e de dirigentes esportivos

PALÁCIO DOS TROPEIROS

A mudança da sede do governo das acanhadas instalações na rua Brigadeiro Tobias para a região do Alto da Boa Vista também foi estratégica.

A proximidade com o bairro do Éden evitou a emancipação da região com o parque industrial. O Sorocaba vinha perdendo território e arrecadação com as emancipações de Araçoiaba da Serra (1936), Salto de Pirapora (plebiscito 1953, instalação do município 1955) e, principalmente) Votorantim (plebiscito 1963, instalação do município 1965).

O projeto do Palácio dos Tropeiros é do arquiteto paulistano Luiz Arthur Guimarães Navarrette aprovado em um concurso. A inauguração  em 15 de junho de 1981 contou com a presença do senador Franco Montoro, que seria eleito governador no ano seguinte nas eleições de 15 de novembro.

Theodoro iniciou ao lado do Paço Municipal a construção do Teatro Municipal Teotônio Vilela.

O governo também foi marcado pelos prolongamentos da avenida Dom Aguirre (a partir da ponte da rua Padre Madureira) e rua Barão de Tatuí, além da reforma do Casarão de Brigadeiro Tobias.

A prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, decretou luto oficial de três dias.

O corpo de Thedoro Mendes foi velado no Palácio dos Tropeiros, no sábado (25), a partir das 8 horas. O sepultamento ocorreu na tarde do mesmo dia no Cemitério da Saudade, no Além Linha.

Palácio dos Tropeiros em obras

 

Programa Linha Aberta

Arquivos

CATEGORIAS