Irma Ugarelli Manfrenotti NOTÍCIAS

Dicas da Língua Portuguesa!! Afinal!!! Quem é “O MESMO”? Por Irma Ugarelli Manfrenotti coordenadora do Anglo São Roque

Olá, pessoal,

Neste tempo de pandemia, bom mesmo é parar para refletir. Afinal, por que é tão importante falar um bom Português – nossa língua nativa. Por que saber palavras é tão importante?

Analise o gráfico abaixo sobre a importância do domínio das palavras, pesquisa veiculada Human Resources inc. (Empresa de Recursos Humanos). Clique aqui.

Fonte Human Resources inc.

Então, observe, você conquista empregabilidade, conforme o domínio que tenha do idioma.

Um chefe de setor precisa dominar 5.000 palavras; já um Executivo, 50.000 ou mais.

Agora, paira a pergunta: Por que algumas pessoas insistem em usar somente algumas palavras?

“MANO DO CÉU”! É preciso cuidar da riqueza do idioma, da expressão pessoal.

A comunicação de cada um espelha o potencial pessoal e profissional que construiu durante a vida. Que tal algumas dicas preciosas.

Você já percebeu o “apego” que algumas pessoas têm ao “MESMO”. É praticamente síndrome de escrivão de polícia: “Joaquim é casado com a Maria, a mesma compareceu ao Distrito para dizer que apanha do mesmo, na frente dos mesminhos.”

Só resta pedir SOCORRO.

O pior é que em todo elevador tem a seguinte frase: “Antes de entrar no elevador, verifique se o mesmo está no andar.”

Agora, tratamos do maníaco do elevador!

Como resolver isso?

A expressão “o mesmo”

⦁ não pode ser utilizada para substituir o sujeito da oração. No caso do elevador, deveria ser escrito assim: “Antes de entrar, verifique se o elevador está no andar.”

⦁ Use essa expressão para criar destaque, ênfase.

Ex.: Ele mesmo resolveu a questão.

Pronto. Cuide desse aspecto e valorize quem você é. Deixe “O MESMO” apenas onde ele possa estar.

Irma Ugarelli Manfrenotti é coordenadora do Anglo São Roque

Programa Linha Aberta

Arquivos

CATEGORIAS