CORONAVÍRUS NOTÍCIAS SIMONE JUDICA - SÃO-ROQUICES

Coronavírus: Nada de preguiça na “Praça da Preguiça”

Por: Simone Judica*

Na tarde desta quinta-feira (26), a vacinação contra a gripe aconteceu a todo o vapor na Praça da República, também conhecida como “Praça da Preguiça”, graças aos bichos preguiças que por muitos anos habitaram o local e fazem parte da memória afetiva de inúmeros são-roquenses.

Idosos e funcionários da Diretoria de Saúde da Prefeitura da Estância Turística de São Roque, aparentando muita disposição, cumpriam a recomendação do  Ministério da Saúde para imunizar a chamada “melhor idade”.

Centenas de idosos, enfileirados, muitos deles mascarados, aguardaram sua vez para tomar a picada que, nas palavras de Roque Chiló, de 76 anos, “não doeu nada”.

A maioria dos idosos não saía de casa há vários dias e, para muitos,  a vacinação ganhou ares de passeio. “Faz oito dias que estou entocada em casa. Meus filhos não me deixam sair nem para varrer minha calçada. Pelo menos hoje saí um pouco e conversei com bastante gente. Está muito gostoso aqui no Jardim e nem dá vontade de ir embora”, contou Maria de Lourdes Rocha, de 81 anos.

A agilidade com que a equipe do Departamento de Saúde fazia a triagem na fila e aplicava as vacinas frustou os planos dos idosos que tentaram aproveitar a vacinação para ficar mais tempo na rua. Divididos em duas tendas, os profissionais da Saúde levam menos de um minuto para aplicar cada dose.

A vacinação também foi momento de nostalgia e romantismo. José e Maria, ele com 87 e ela com 84 anos, ambos mascarados, tomaram a vacina juntos e, na fila, relembraram que se conheceram no Jardim, como era chamada a Praça da República antigamente. “Nós vínhamos aqui depois da missa, fazer o footing, quando nos conhecemos e logo pedi para namorar com ela. Depois que casamos, todos os domingos trazíamos os filhos para ver o bicho preguiça”, relembrou, com os olhos marejados, José Gonçalves.

Todavia, a movimentação na praça também releva pontos preocupantes. Diversos idosos cumprimentavam-se com apertos de mãos, alguns comentavam que o isolamento social é um exagero, que não havia necessidade de manter o distanciamento indicado pelas marcações feitas no chão para regular as filas e que não acreditam que a situação no Brasil é tão grave como na Itália, por exemplo.

A presença da Guarda Civil Municipal, durante o período de vacinação, conferia segurança aos profissionais e à população. Mas, não se viam situações que necessitassem de intervenção.

Hoje, a vacinação já terminou, pois todas as quatro mil e quinhentas doses que o Município recebeu ontem (25) foram aplicadas nesta quinta-feira (26) e novo lote deve chegar em breve.  A campanha prossegue até 15 de abril, para idosos e profissionais da Saúde.

Antes de sair de casa, é importante consultar a Prefeitura para saber sobre a disponibilidade de vacinas nos postos de vacinação.  O Departamento de Vigilância Epidemiológica atende pelos telefones e WhatsApp (11) 9 4503-8485 e (11) 9 4503-9839. É possível informar-se também pelos canais da Prefeitura de São Roque nas redes sociais.

Simone Judica é advogada, jornalista e colunista do site www.vanderluiz.com.br (simonejudica@gmail.com)

“Leia e compartilhe a coluna São-roquices”

Programa Linha Aberta

Arquivos

CATEGORIAS