Vinícola Góes na Feira Internacional de Vinhos na Alemanha

 

A Vinícola Góes vai expor na Feira Internacional de Vinhos ProWein em Duseldorf, na Alemanha, de 19 a 21 de março. Serão mais de 6 mil expositores que representando 295 regiões de 60 países na mais importante feira de vinhos  do mundo.

A participação na ProWein é considerada estratégica por atrair compradores de todo o mundo, em especial os do velho continente.

Vinícola Góes marca presença na Feira Internacional do Vinho na Alemanha

Para falar sobre a exposição no mercado internacional e de outras ações da Vinícola Góes, o programa Linha Aberta entrevista nesta quarta-feira (14), às 16 horas, o diretor comercial Luciano Lopreto e o enólogo Fábio Góes.

Em 2016, as vinícolas brasileiras ampliaram o valor das exportações para os países europeus em 10% em relação ao ano anterior, com a comercialização de US$ 1,24 milhão. Em volume, as vendas atingiram 272,2 mil litros, alta de 7,6% sobre 2015, remetidos para 11 países.

A Góes estará ao lado das vinícolas Aurora, Basso, Casa Perini, Casa Valduga, Don Guerino, Lidio Carraro, Miolo, Peterlongo, Pizzato e Salton.

ProWein em números

Os números reforçam a importância da ProWein para o mercado de vinhos no mundo.

Na edição deste ano serão mais de 5,1 mil expositores apenas de vinhos, de 47 países, de seis continentes.

Mais de 55 mil visitantes do trade, de mais de 120 países, deverão circular pela feira. Se considerados os expositores de outras bebidas, o número chega a 6,2 mil, de 59 países.

O mercado alemão de vinhos

Em 2016 as vinícolas brasileiras venderam 18 mil litros para a Alemanha, um aumento de 8% em relação ao ano anterior.

Em valor, o resultado foi mais expressivo: US$ 87 mil negociados, o que representa um incremento de 15% na comparação com 2015. Segundo a Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), em volume, a Alemanha é o maior mercado importador de vinhos do mundo, com o ingresso de 15,1 milhões de hectolitros em 2015.

Conhecido pela competitividade de preços no mercado interno, o país figura na terceira colocação em se tratando de valor importado, atrás de Estados Unidos e Reino Unido. Em 2015 foram importados US$ 2,5 bilhões em vinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *