São Roque inicia hoje vacinação contra a febre amarela. Departamento de Saúde confirma morte de macaco

 

O Departamento de Saúde da Prefeitura de São Roque confirmou nesta segunda-feira a morte de um macaco por febre amarela silvestre no km 58,5 da Rodovia Raposo Tavares. É segundo caso registrado na cidade, o primeiro foi em fevereiro no Bairro do Carmo.

Nesta terça-feira, a Vigilância Epidemiológica e Serviço de Zoonoses iniciou uma ação intensiva de prevenção para imunizar a população residente e flutuante de parte da cidade.

Vacinação contra a febre amarela começa nesta terça-feira em São Roque

A vacinação ocorre de segunda a sexta-feira e nos postos de Saúde Village Emília, Paisagem Colonial, Unidade Central de Saúde (ao lado da rodoviária) das 7 às 16 horas.

Nos demais postos de saúde o atendimento tem dias específicos no horário das 7 às 14 horas.

 

 

Quartas-feiras: São João Novo, Carmo e Saboó

Quintas-feiras: Vila Nova

Sextas-feiras: Maylasky

É importante frisar que a ação tem caráter preventivo já que em São Roque não foi detectado nenhum caso de febre amarela em humanos.

A vacina que agora é dose única, é recomendada para pessoas de nove meses a 60 anos de idade. Os moradores com mais de 60 anos só poderão tomar a vacina segundo prescrição médica.

É imprescindível a apresentação da carteira de vacinação para as anotações que poderão ser utilizadas a posteriormente para a emissão da carteira internacional de vacina.

A imunização não está indicada para gestantes, mulheres amamentando crianças com até seis meses e pessoas imunodeprimidas, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticoides em doses elevadas (portadores de Lúpus, por exemplo).

Em caso de dúvida, é importante consultar o médico.

“Não há motivo para pânico, pois de janeiro a novembro 44% da população de São Roque foi imunizada contra a doença. Ou seja mais de 38 mil pessoas”, disse a diretora de Saúde Andrea Rodrigues

Neste ano, foram recolhidos em São Roque 22 macacos mortos. Além dos dois resultados positivos para a febre amarela, 13 aguardam resultados. Sete deram negativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *