Funcionários da Santa Casa de São Roque entram em greve e fazem passeata até a Prefeitura

 

Funcionários da Santa Casa de São Roque entraram em greve na manhã desta segunda-feira (12) ratificando decisão tomada em assembleia na semana passada quando foi dado um prazo de 72 horas.

“Estamos sem salário. Cadê a prefeitura para esclarecer os motivos da falta de repasse? Quem paga por isso é o trabalhador”, comentou uma das lideranças do Sindicato da Saúde de Sorocaba e região em entrevista ao Jornal da Economia.

Funcionários da Santa Casa entraram em greve e cobram repasse da Prefeitura. Foto Jornal da Economia

Em passeata os funcionários estão se dirigindo para a Prefeitura de São Roque onde esperam um posicionamento do prefeito Claudio Góes que negocia com a Santa Casa a renovação de convênio.

A renovação do contrato que vence no final de março vem se arrastando há várias semanas. A Prefeitura propôs a contratação de Organização Social (OS) para administrar o principal hospital da região.

A provedoria concorda que a administração municipal assuma o Pronto Atendimento e que o prefeito indique um gestor, mas não abre mão da administração do hospital e do atendimento particular.

No entanto, o principal problema está no valor do repasse. A diferença estaria em R$ 100 mil reais.

O diretor clínica da Santa Casa, Bruno Junqueira, tinha alertado em reunião na Câmara Municipal que situação é grave e que o atendimento poderia ser interrompido por falta de recursos.

Na ocasião, o advogado da Santa Casa, Luís Henrique Nery de Souza, disse que a greve era iminente porque a entidade não tem recursos para pagar o dissídio do ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *