Canil da Guarda Municipal de S. Roque é aprovado pelos vereadores

A Câmara Municipal de São Roque aprovou nesta segunda-feira (2) o projeto de lei 58/2019/E que cria o Grupo de Apoio e Operação com Cães (GAOC) na Guarda Municipal. 

O prefeito Claudio Góes entende que a aprovação do projeto vai permitir que a Guarda Municipal amplie o campo de atendimento de atuação e eficiência no atendimento das ocorrências. Abaixo o projeto na íntegra.

Projeto-de-Lei-58_2019-Canil-da-Guarda-Municipal-1

“O cão adestrado possui sentidos sensoriais mais aguçados que o ser humano, que o torna mais eficaz na localização de pessoas, de entorpecentes e atuação em locais de difícil acesso”, justifica.

Os cães poderão ser utilizados em patrulhamento, operação de busca, resgate e salvamento, apoio as atividades de Defesa Civil e órgãos policiais de segurança pública, divulgação institucional, vigilância do patrimônio público, formaturas e desfiles cívicos, localização de entorpecentes, armamentos e localização de pessoas e animais e até mesmo no apoio e instrumento terapêutico de reabilitação física ou psicológica.

O Canil da Guarda Municipal será composto por guardas municipais tendo um coordenador, encarregado de adestramento, adestradores, condutores de cães que serão designados pelo comandante da corporação.

As viaturas do Canil da Guarda Municipal deverão ter compartimento para o transporte do cão. O projeto também define o uniforme dos guardas municipais: boina e coturnos preto, gandola e calça azul marinho.

Os cães serão atendidos por veterinários cedidos pela Divisão de Zoonoses com visitas periódicas. As compras serão efetuadas pela Prefeitura e poderão ocorrer até mesmo fora do Brasil, mas também serão aceitas doações e animais poderão ser criados no próprio canil.

O projeto estabelece que o cão  será reformado (aposentadoria) com sete anos de prestação de serviço ao canil ou ao completar 10 anos de idade. Também poderão ser “aposentados” por inaptidão atestada pelo encarregado do adestramento e pelo coordenador do canil.

Os cães reformados poderão ser doados, observando a seguinte ordem: condutor do animal que trabalhou mais tempo com o animal, componente do Canil da Guarda Municipal, guarda municipal, instituições ou organizações do Estado ou instituições privadas.

Brasão do Canil da Guarda Municipal: Grupo de Apoio e Operações com Cães (GAOC)

O projeto prevê inclusive o Barão do Grupo de Apoio e Operação com Cães (GAOC), com uma longa discrição de cada elemento. Aqui o apresentamos de uma forma resumida.

RAMO: a coroa de louro representa as conquistas da Guarda Civil Municipal desde a fundação e as que virão.

COROA MURAL: antiga condecoração militar romana que ser tornou um elemento heráldico (relativo a brasão e armas).

CÃO: simbolo da lealdade sendo o companheiro mais fiel do homem e desempenha o papel de guarda e vigia da morada.

TRIBAL: homenagem os índios que contribuíram para o crescimento da cidade de São Roque.

ESCUDO: a imagem do cão sobre o dourado representa a riqueza do município. O branco traduz a busca pela paz e imparcialidade. Abaixo no quadriculado nas cores da bandeira de São Roque.

Vander Luiz

São-roquense, radialista e jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *