Bandeira que marcou chegada do homem a Lua foi costurada por uma portuguesa

50 anos do homem na Lua com a bandeira americana “tremulando”

A chegada do homem a Lua completa 50 anos dia 20 de julho. O voo espacial tripulado norte-americano é lembrado por dois registros históricos.

A frase do astronauta Neil Armstrong primeiro homem a pisar na lua e a bandeira dos Estados Unidos na superfície lunar. “É um pequeno passo para um homem, um grande salto para a humanidade.”

Neste sábado (13 de julho) o jornal português Diário de Notícias traz uma reportagem bem interessante. “Uma bandeira na Lua com mão portuguesa, a de Maria Isilda Ribeiro”

“Houve um mão portuguesa na primeira bandeira norte-americana colocada na Lua, há quase 50 anos. Maria Isilda Ribeiro foi notícia há meio século por ter ajudado a coser a bandeira que Neil Armonstrong deixou no solo lunar, perante o olhar atento de milhões de espetadores que assistiam ao feito através da televisão por todo o mundo. Tinha 23 anos e estava nos Estados Unidos há três”, diz o trecho inicial da reportagem.

A reportagem apresenta link a outros documentos que mostram inclusive o cuidado que se teve para que bandeira ficasse na horizontal literalmente voando no espaço já que na Lua não tem vento.. Aliás, tem gente que questiona esse fato da bandeira “parecer tremulando”. Veja abaixo trecho do documento.

“Como qualquer atividade na exploração espacial, o levantamento de bandeiras da Apollo também forneceu aos engenheiros da NASA um desafio técnico interessante. Eles projetaram um mastro de bandeira com uma barra horizontal que permite que a bandeira “voe” sem o benefício do vento para superar os efeitos da falta de atmosfera da lua.”

Vander Luiz

São-roquense, radialista e jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *