Aline Silva Dantas é encontrada morta depois de três dias de busca em Alumínio. Corpo da jovem de 19 anos estava em uma mata

ENTREVISTA DELEGADA LUCIANE REGINA BACHIR

A jovem Aline Silva Dantas que estava desaparecida desde domingo (8), quando saiu de casa para comprar fraldas para a filha de um ano e nove meses, foi encontrada morta na tarde desta quarta-feira (11) em uma mata na Vila Santa Luzia, em Alumínio. O corpo foi localizado pelo cão farejador Max do Canil da Guarda Municipal de Itupeva. Na operação participaram outros dois cães da Guarda Municipal e de um criador particular.

Polícia encontrou o corpo parcialmente carbonizado e coberto com pedaços de madeira. Ela estava sem roupas e apresentava hematomas, provavelmente por conta de uma tentativa de defesa. Até o momento não foi confirmado se houve abuso sexual.

Imagens de segurança mostram que Aline permaneceu quatro minutos em uma farmácia, mas não conseguiu utilizar o cartão. Em outra gravação ele caminha por uma calçada. Os familiares informaram que ela tinha duas opções de caminho para retornar para casa. Um deles passando por uma trilha em uma mata. A delegada Luciane Regina Bachir disse que não existe um suspeito pelo crime. “Estamos averiguando todas as possibilidades, o que temos agora é a localizado e identificação do corpo.”

Vander Luiz

São-roquense, radialista e jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *