Adiada para segunda-feira a votação do parecer contrário do decreto legislativo de Rafael Marreiro que susta o aumento da tarifa de ônibus em São Roque

VEJA O PROGRAMA LINHA SOBRE O ADIAMENTO DA VOTAÇÃO

Após uma sessão agitada com grande participação popular, a maioria dos vereadores de São Roque decidiu nesta segunda-feira (14) adiar para a próxima sessão, na segunda-feira (24), a votação do parecer contrário ao decreto legislativo do vereador Rafael Marreiro que torna sem efeito o aumento da tarifa de ônibus em vigor desde a segunda-feira passada (7).

A proposta de adiamento foi feita pelo vereador Alfredo Estrada e contou com o voto favorável de sete vereadores.

Votaram pelo adiamento Júlio Mariano, Guto Issa, Rafael Tanzi, Alfredo Estrada, Zé Luiz Piniquinho, Rafael Marreiro e Cabo Jean.

Foram contrários ao adiamento: Maurinho de Góes, Alacir Raysel, Etelvino Nogueira, Israel Toco, Marquinho Arruda e Alexandre Veterinário.

Rafael Marreiro autor do decreto legislativo que susta aumento da passagem discursa na tribuna

O presidente Niltinho Bastos votaria somente em caso de empate situação que não tinha como ocorrer devido a ausência do vereador Flávio Brito.

Por sinal, a falta do vereador Flávio Brito foi o ponto decisivo para o pedido de adiamento. Rafael Marreiro temia que pela derrota, algo que mudou a partir do momento do posicionamento de Cabo Jean.

Caso parecer contrário da Comissão de Constituição, Justiça e Redação seja mantido o projeto será arquivado. Se o parecer for derrubado, o projeto será colocado em votação na sessão de 1º de outubro, como antecipou o presidente Niltinho Bastos.

A Câmara Municipal esteve praticamente lotada, principalmente por estudantes que foram mobilizados pela URE (União Regional de Estudantes).

Após a confirmação do adiamento da votação do parecer a Câmara ficou praticamente vazia e os estudantes seguiram em passeata até a Prefeitura.

Uma comissão de estudantes foi recebida pelo chefe de gabinete Celso Mello e ficou agendada uma reunião para a próxima sexta-feira entre estudantes, representantes da prefeitura e da empresa Mirage, informou o conselheiro fundador da URE, Paulo Noggerini.

 

ENTENDA O CASO

Decreto do prefeito Claudio Góes reajustou a tarifa de R$ 3,60 para R$ 4,20. O último reajuste tinha ocorrido há três anos (setembro de 2015) causando agora um reajuste em torno de 16%.

Desde o final de junho, as linhas municipais passaram a ser operadas pela empresa Mirage em substituição a Viação São Roque que era alvo de constantes reclamações.

Alguns vereadores criticam a decisão alegando que poderia que ter ocorrido uma aumento escalonado. Citam também que a empresa está na cidade a pouco tempo para que já passe a operar com nova tarifa.

As criticas também surgem por conta da redução de alguns horários e mudança na integração que a partir do aumento deixou de ser feita somente na Rodoviária e pode ser feita em qualquer trecho mediante ao uso de cartão.

No entanto, a reclamação é que o período de 45 minutos (a partir do embarque) não é suficiente por conta do trajeto de algumas linhas.

Vereadores citaram que o tempo inicial era de 30 minutos e que foi prorrogado após as primeiras reclamações.

No entanto, a empresa Mirage informou que desde a implantação do sistema o tempo sempre foi de 45 minutos.

VEJA A GALERIA DE FOTOS

Vereador Rafael Marreiro comenta o adiamento da votação
Israel Toco (primeiro vice-presidente), presidente Niltinho Bastos e Cabo Jean (primeiro secretário)
Maurinho de Góes e Etelvino Nogueira: durante a discussão Etelvino propôs adiamento da votação para um prazo maior
Piniquinho e Rafael Marreiro durante defesa do decreto legislativo
Júlio Mariano comentou que estava em dúvida sobre o pedido de Estrada; votou pelo adiamento
Casa cheia para acompanhar a votação do parecer contrário
Rafael Marreiro disse que proposta de sustar o aumento da tarifa não é populista. “não serei mais candidato”
José Luiz Piniquinho e Rafael Marreiro durante discussão do adiamento da votação do parecer contrário
Júlio Mariano durante discussão do parecer contrário
Casa cheia para a acompanhar a votação do parecer contrário
Voto decisivo. Cabo Jean voltou pelo adiamento e garantiu a aprovação do pedido verbal apresentando por Alfredo Estrada

 

Piniquinho criticou o aumento da tarifa e foi contra o adiamento do parecer contrário
Sempre presente: Antonio Belmote acompanha discussão durante a sessão
Júlio Mariano durante discussão do parecer contrário ao decreto legislativo que susta o reajuste da tarifa de ônibus
Guto Issa antecipou durante a sessão que entraria no Ministério Público contra o aumento da tarifa
Etelvino Nogueira, Júlio Mariano, Guto Issa e Rafael Tanzi
Conversa ao pé do ouvido: Israel Toco e Niltinho Bastos
Plateia acompanhou atentamente a discussão e se manifestou durante os discursos dos vereadores
José Luiz Piniquinho na tribuna
José Luiz Piniquinho se dirige ao público durante discurso
José Luiz Piniquinho na tribuna
Rafael Tanzi demonstra descontentamento com o aumento da tarifa. mas reconhece que o serviço melhorou com a nova empresa
Casa cheia: plateia acompanhou atentamente as discussões e votação dos vereadores

 

Estudantes ocuparam a maior parte do plenário da Câmara de São Roque
Discussão sobre o aumento da passagem de ônibus levou dezenas de pessoas à Câmara Municipal
Alfredo Fernandes Estrada durante discurso na tribuna

 

Alfredo Estrada durante discurso na tribuna
Alfredo Estrada propôs o adiamento da votação para a próxima semana e conseguiu apoio da maioria: 7 a 6
Zé Luiz Piniquinho e Rafael Marreiro acompanham a discussão do parecer contrário ao decreto legislativo que susta o aumento da tarifa e proíbe aumento até 31 de dezembro
Vereadores discutem parecer contrário ao decreto legislativo do vereador Rafael Marreiro

 

Rafael Marreiro gostou do adiamento da votação por uma semana e espera contar com o voto de Flávio Brito que faltou à sessão
Vereadores discutem parecer contrário ao decreto legislativo do vereador Rafael Marreiro

 

Vander Luiz

São-roquense, radialista e jornalista

Um comentário em “Adiada para segunda-feira a votação do parecer contrário do decreto legislativo de Rafael Marreiro que susta o aumento da tarifa de ônibus em São Roque

  • 19 de setembro de 2018 em 07:42
    Permalink

    Estarei sempre presente, e me manifestando a favor do povão, obrigado por me citar em sua postagem, DEUS E MAIOR

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *